Publicado em: 03 de junho de 2019
Não há ninguém como o Senhor

Para: segunda-feira, 03 de junho de 2019

Leia em sua Bíblia: Salmo 113

“Não há ninguém como o Senhor, nosso Deus, que tem o seu trono nas alturas, mas se inclina para ver o que há no céu e na terra.” (Sl 113.5-6)

Em algum momento da vida você já se sentiu sozinho, como se todas as pessoas – e até mesmo Deus – tivessem se esquecido de você? É possível que sim. Muitas vezes, os problemas pelos quais passamos nos deixam tristes e desanimados, e nos fazem pensar que estamos sozinhos e que todas as pessoas – e até mesmo Deus – se esqueceram de nós.

Certa vez, o povo de Israel também se sentiu assim, e disse: “O Senhor nos abandonou. Deus nos esqueceu”. Mas o Senhor Deus respondeu, dizendo: “Será que uma mãe pode esquecer o seu bebê? Será que pode deixar de amar o seu próprio filho? Mesmo que isso acontecesse, eu nunca esqueceria vocês” (Is 49.15).

Por causa dos nossos pecados, nós merecíamos o abandono total de Deus. Afinal, ele é santo e perfeito, e nós, pecadores e injustos. Mas, em vez de nos abandonar eternamente, ele veio ao nosso encontro na pessoa de seu Filho, Jesus Cristo, que se tornou um ser humano como nós, a fim de que nós nos tornássemos seus filhos e herdeiros da vida eterna. Jesus foi abandonado pelo Pai, a fim de que você e eu jamais fôssemos abandonados e esquecidos por ele.

De fato, o Senhor nunca se esquece de nós e jamais nos abandona. Ele prometeu estar conosco todos os dias. Ele é um Deus cheio de amor e misericórdia, que nos ama e que cuida de nós e em quem podemos confiar sempre, pois como diz o salmista, no Salmo 113: “Não há ninguém como o Senhor, nosso Deus, que tem o seu trono nas alturas, mas se inclina para ver o que há no céu e na terra” (Sl 113.5-6).

Oremos: Querido Deus, muito obrigado pelo teu amor e pela tua companhia constante. Por causa dos meus pecados, eu merecia ser eternamente abandonado e esquecido por ti. Mas tu tiveste misericórdia de mim e enviaste o teu Filho, o meu Salvador, para que eu jamais fosse abandonado. Amém.