Publicado em: 13 de setembro de 2019
Vingança

Para: sexta-feira, 13 de setembro de 2019
Leia em sua Bíblia Gênesis 50.15-21 

Mas José respondeu: — Não tenham medo; eu não posso me colocar no lugar de Deus.” (Gn 50.19) 

Diz o ditado popular que a vingança é um prato que se come frio. Esse ditado significa que, para vingar-se, é preciso esperar, planejar, criar a situação apropriada para realizar a vingança desejada e assim, “o prato esfria”. 

Provavelmente a maioria das pessoas não gosta de comida fria. E fica aí uma boa dica: a vingança não é boa e não faz bem, nem ao outro, nem a você. Mesmo que se obtenha êxito com a ação vingativa, ela não gera o bem, nem alegria ou satisfação. Antes de planejar uma vingança, lembre-se de outro ditado popular que diz que gentiliza gera gentileza. Isso sim traz alegria e satisfação.  

Na sua Carta aos Romanos, capítulo 12, Paulo escreveuNão paguem a ninguém o mal com o mal. Procurem agir de tal maneira que vocês recebam a aprovação dos outros. No que depender de vocês, façam todo o possível para viver em paz com todas as pessoas. Meus queridos irmãos, nunca se vinguem de ninguém; pelo contrário, deixem que seja Deus quem dê o castigo. Não deixem que o mal vença vocês, mas vençam o mal com o bem”. 

Isso explica como José pôde perdoar os seus irmãos, que o haviam tratado com desprezo e maldade. José preferiu pagar o mal com o bem. Ele mesmo disse: “Eu não posso me colocar no lugar de Deus” (Gn 50.19)O mal praticado pelos irmãos de José gerou neles medo e angústia. Por outro lado, o bem praticado por José gerou paz e bênçãos para todos. 

Ao sofrermos injustiças, em vez de planejarmos uma vingança, perdoemos, amemos e façamos o bem, pois o amor e o perdão geram consciência tranquila e bem a todos. 

 Oremos: Bondoso Deus, guia a nossa vida. Livra-nos do mal. Conduze-nos em teus caminhos e não nos deixes cair na tentação de pagar o mal com o mal. Gera em nosso coração o desejo de fazer o bem sempre, a todos, movidos pelo teu amor. Abençoa nosso dia em nome de Jesus. Amém.