Publicado em: 31 de agosto de 2019
Vençam o mal

Para: sábado, 31 de agosto de 2019
Leia em sua Bíblia Romanos 12.17-21 

“Não deixem que o mal vença vocês, mas vençam o mal com o bem.” (Rm 12.21) 

O cristão não é alguém isento de cometer maldades ou de desviar-se daquilo que é bom. O cristão é pecador como qualquer outra pessoa. Entretanto, por conhecer a maravilhosa graça de Deus, revelada e consumada na pessoa e obra de Jesus Cristo em favor dele, ele procura evitar o mal e abster-se da vingança. “Não deixem que o mal vença vocês, mas vençam o mal com o bem” (Rm 12.21), pede o apóstolo Paulo. Assim, mesmo com as suas limitações e com as suas falhas, pelo auxílio do Espírito Santo o cristão se preocupa em fazer o bem e o melhor para todas as pessoas. Paulo nos ensinaNão paguem a ninguém o mal com o mal. Procurem agir de tal maneira que vocês recebam a aprovação dos outros. No que depender de vocês, façam todo o possível para viver em paz com todas as pessoas” (Rm 12.17-18). 

Mais adiante no mesmo texto, o apóstolo aplica o seu ensino sobre a maldade falando especificamente sobre vingança. E sobre este assunto, ele afirma: Meus queridos irmãos, nunca se vinguem de ninguém; pelo contrário, deixem que seja Deus quem dê o castigo. Pois as Escrituras Sagradas dizem: ‘Eu me vingarei, eu acertarei contas com eles, diz o Senhor’.” (Rm 12.19). 

Em vez de alimentar o ódio no coração, em vez de querer sentir o sabor da vingança, em vez de buscar resolver tudo com as próprias mãos, Paulo recomenda: “Mas façam como dizem as Escrituras: ‘Se o seu inimigo estiver com fome, dê comida a ele; se estiver com sede, dê água. Porque assim você o fará queimar de remorso e vergonha.” (Rm 12.20). 

Paulo não está ensinando os cristãos a serem pessoas tolas e iludidas com relação à maldade de muitos. Na verdade, seu desejo é que a bondade e o amor prevaleçam neste mundo tão cheio de ódio e dor. 

Oremos: Senhor Deus, pelo teu Santo Espírito ajuda-me a lutar contra o ódio e a vingança, em nome de Jesus, o amor maior. Amém.