Publicado em: 19 de agosto de 2019
Um amor inexplicável

Para: segunda-feira, 19 de agosto de 2019 

Leia em sua Bíblia: Romanos 11.33-36 

“Quem pode conhecer a mente do Senhor? Quem é capaz de lhe dar conselhos?” (Rm 11.34) 

As redes sociais deram voz a muita gente. Hoje é possível discutir praticamente qualquer assunto, concordando ou não com a opinião dos outros. Mas parece que nos tornamos um pouco escravos disso. Parece que precisamos obrigatoriamente dar nossa opinião sobre tudo ou oferecer um conselho. E nem sempre fazemos isso com conhecimento de causa. Podemos acabar falando bobagem ou ofendendo alguém. 

Se Deus tivesse um perfil nas redes sociais, não seria diferente. Nós gostaríamos de dar a nossa opinião, o nosso conselho para ele também. Gostamos de achar que entendemos mais do que Deus sobre a nossa vida e sobre o mundo. Queremos exigir explicações dele quando não concordamos com as suas decisões. Questionamos quando achamos que ele está sendo injusto. 

Como são grandes as riquezas de Deus! Como são profundos o seu conhecimento e a sua sabedoria! Quem pode explicar as suas decisões? Quem pode entender os seus planos?”, diz o apóstolo Paulo na sua carta aos Romanos, capítulo 11, versículo 33. E ele vai além, relembrando o texto do profeta Isaías: “Quem pode conhecer a mente do Senhor? Quem é capaz de lhe dar conselhos?” A Bíblia não está falando de redes sociais aqui, mas de fé. Fé é confiar em Deus, sem exigir explicações nem querer dizer para Deus como ele deve agir.  

Nós confiamos em Deus. Ele nos criou para vivermos por meio dele. Mesmo assim, muitas vezes nós queremos saber mais do que ele. Mesmo sem merecermos, e sem o nosso conselho, ele decidiu nos enviar Jesus. Em Jesus temos o futuro garantido, e o presente, em paz. Ele não nos abandona, mas oferece perdão. Esse amor é profundo demais, ninguém consegue explicar.  

  Oremos: Senhor, perdoa-nos quando achamos que podemos te dar conselhos. Queremos confiar cada vez mais em ti e em tua infinita sabedoria. Tu sabes sempre o que é melhor para nós. Amém.