Publicado em: 06 de agosto de 2019
Último pedido, pedido atendido

Para: terça-feira, 6 de agosto de 2019

Leia em sua Bíblia: Romanos 10.5-13

“Se você disser com a sua boca: ‘Jesus é Senhor’ e no seu coração crer que Deus ressuscitou Jesus, você será salvo.” (Rm 10.9)

Jesus recebeu um importante pedido nos seus últimos minutos de vida.  Vinha do alto de outra cruz, de um homem crucificado ao seu lado. Um homem, talvez, com um currículo manchado de crimes, maldades e mortes e sem nada a oferecer. Mas que, antes, havia dado um lindo testemunho diante de quem insultava Jesus: “A nossa condenação é justa, e por isso estamos recebendo o castigo que nós merecemos por causa das coisas que fizemos; mas ele não fez nada de mau” (Lc 23.41). E, logo em seguida, fez o pedido mais importante da sua vida: “Jesus, lembre de mim quando o senhor vier como Rei!” (Lc 23.42).

Anos mais tarde, o apóstolo Paulo escreveu aos cristãos que viviam em Roma sobre como Deus aceita as pessoas. Esse mistério que leva tantas religiões a buscarem fórmulas e rituais para encontrar a paz, Paulo explicou de maneira simples e o crucificado ao lado de Jesus colocou em prática: “Se você disser com a sua boca: ‘Jesus é Senhor’ e no seu coração crer que Deus ressuscitou Jesus, você será salvo” (Rm 10.9).

Jesus confirmou que é assim que se vai para o céu, pois disse ao homem desesperado ao seu lado: “Eu afirmo a você que isto é verdade: hoje você estará comigo no paraíso” (Lc 23.43). A subida ao céu não é uma longa peregrinação de obras, promessas e rituais, mas sim uma viagem de confiança, como em uma espécie de elevador, onde Deus é quem realiza tudo o que for necessário para a nossa salvação. A nossa vida passa a ser uma resposta ao amor sem medida com que Deus nos amou ao enviar o seu Filho para ser o nosso Salvador.

Oremos: Pai amado, nas tuas mãos está a nossa vida. Tu nos criaste para ti e nos salvaste para ti. Envia o teu Espírito Santo para que crie em nós uma fé constante e um testemunho ativo em todas as oportunidades. Amém.