Publicado em: 11 de agosto de 2019
Socorro

Para: domingo, 11 de agosto de 2019

Leia em sua Bíblia: Mateus 14.22-33

“Já de madrugada, entre as três e as seis horas, Jesus foi até lá, andando em cima da água.” (Mt 14.25)

“Já de madrugada, entre as três e as seis horas, Jesus foi até lá, andando em cima da água” (Mt 14.25). Para Jesus, isso era normal. As leis da natureza e da física cediam espaço quando ele estava por perto. Ele tinha ficado orando, sozinho, como era seu costume. Os últimos acontecimentos tinham sido fortes: a morte do seu primo João Batista, a multiplicação dos pães e peixes para mais de cinco mil homens, sem contar as mulheres e crianças. Ele precisava de espaço para conversar com o seu Pai. Algo que todos nós também precisamos continuamente:  o espaço e tempo da oração.

Os seus discípulos já estavam no meio do lago, com ondas que batiam com força no barco. E assim como caminhamos até a esquina, Jesus saiu caminhando por cima da água. Foi desse jeito que ele se aproximou dos discípulos. E que susto! Até o horário do que aconteceu ficou registrado pelos evangelistas: entre as três e as seis horas da madrugada.

Os discípulos, que deveriam estar acostumados a ver eventos sobrenaturais e milagres, não esperavam por isso. “É um fantasma!”, gritaram de medo. E somente se acalmaram quando Jesus disse: “Coragem! Sou eu! Não tenham medo!” Ao reconhecerem a voz e pela confiança que tinham no Mestre, acalmaram-se. Menos Pedro. O Pedro de sempre, impulsivo, nervoso, que falava antes de pensar, disse: “Se é o senhor mesmo, ajuda-me a caminhar em cima da água”. E Jesus consentiu.  Mas ao sentir a força do vento, Pedro teve medo e começou a afundar.

“Socorro, Senhor!”, gritou Pedro. Socorro é a palavra mágica de todo aquele que tem medo, que sente coisas que não pode controlar, que começa a afundar.  Jesus gosta de escutar-nos dizendo essa palavra. Pois é neste momento que reconhecemos que necessitamos dele e podemos receber a sua ajuda.

Oremos: Senhor e Pai eterno, ajuda-me a dizer socorro mais vezes. Não permitas que me falte fé. Por Jesus. Amém.