Publicado em: 04 de fevereiro de 2020
Sem comparação

Para: terça-feira04 de fevereiro de 2020
Texto:  

“Com quem vocês vão comparar o Santo Deus? Quem é igual a ele?” (Is 40.25)  

A pergunta do profeta Isaías traz uma importante reflexão: “Com quem vocês vão comparar o Santo Deus? Quem é igual a ele?” (Is 40.25). 

No contexto, o profeta descreve a sabedoria e a grandiosidade do eterno Deus, o criador de todas as coisas, que está assentado no seu trono celestial. Ele também fala da transitoriedade dos impérios humanos e da vida fugaz, que passa rapidamente. De fato, somos como formiguinhas diante do santo e poderoso Deus. 

Porém, o profeta também mostra que esse soberano Senhor vem ao nosso encontro para renovar a nossa força. Deus, separado de nós em sua santidade, está ao nosso lado em seu amor e compaixão. Essa verdade faz coro com o salmista, que diz: Não há ninguém como o Senhor, nosso Deus, que tem o seu trono nas alturas, mas se inclina para ver o que há no céu e na terra” (Sl 113.56). 

Deus se inclina por você e por mim. Ele vê a nossa triste realidade de dor, sofrimento e morte por causa do pecado. Ele age em seu tão grande amor com que nos amou e, na cruz de Jesus, nos providencia perdão, nova vida e alegria de salvação. Jesus é a imagem do Deus todo-poderoso, que se inclina por nós. 

O Deus eterno é sem comparação. Ele tem todo poder sobre tudo e sobre todos. Nada é impossível para Deus. Ele tem amor incondicional por todos nós. Nada nos separa do grande amor de Deus, que está em Cristo Jesus. Todos nós podemos dizer: “Olho para os montes e pergunto: ‘De onde virá o meu socorro? O meu socorro vem do Senhor Deus, que fez o céu e a terra (Sl 121.1). 

Assim como um pai se inclina para ajudar o seu filho que caiu ou está com medo, o todo-poderoso Criador se inclina para nos socorrer. 

Oremos: Todo-poderoso Deus, nosso Pai de amor, guarda-nos em segurança com teu poder e amor incomparáveis. A ti dedicamos todo o nosso louvor. Amém.