Publicado em: 03 de fevereiro de 2020
Segurar a mão 

Para: segunda-feira03 de fevereiro de 2020
Texto:  

Ele chegou perto dela, segurou a mão dela e ajudou-a a se levantar. (Mc 1.31) 

Ter um familiar ou amigo ao nosso lado é algo muito especial. É nas horas difíceis, de enfermidade, de angústia, de dúvidas ou tristezas que percebemos, de forma mais nítida, a importância de ter alguém que se importe conosco, que segure a nossa mão. 

Certo dia, depois de ensinar com autoridade e confirmar as suas palavras com sinais, Jesus foi até a casa de dois irmãos, André Simão (a quem Jesus também chamou de Pedro)A sogra de Simão estava na casa, acamada, com febre, indicando uma doença grave. Jesus “chegou perto dela, segurou a mão dela e ajudou-a a se levantar. A febre saiu da mulher, e ela começou a cuidar deles” (Mc 1.31). 

Facilmente ficamos impressionados com o poder de Jesus em curar. É um atestado de que todo o seu ensino é verdadeiro, de que só ele pode vencer o que está além do recurso e da força do ser humano. Confiando em Jesus, temos proteção, esperança, alegria, vida e salvação. 

Você e eu podemos viver nessa segurança. Jesus também chega perto de nós, segura nossa mão, nos ajuda a levantar. Jesus nos sara de nossas enfermidades. Jesus nos fortalece e anima para enfrentarmos os dias difíceis. Jesus, por meio de sua morte na cruz e de sua gloriosa ressurreição, nos garante a vida celestial, onde não haverá febre, enfermidade, tristeza, dor e morte. 

Na sua Palavra, Jesus nos assegura que está ao nosso lado cuidando de nós todos os dias, agindo com seu poder e amor, nos preparando para a vida eterna. Assim, podemos dizer como o salmista Davi: “Porém a minha confiança está em ti, ó Senhor; tu és o meu Deus. Tu estás sempre cuidando de mim” (Sl 31.14-15). 

Oremos: Senhor Jesus, sê sempre nossa segurança, tomando-nos pela mão. Ajuda-nos para que estejamos ao lado dos que estão em aflições, cuidando deles. Em teu nome. Amém.