Publicado em: 27 de março de 2019
Que homem é este?

Para: quarta-feira, 27 de março de 2019

Leia em sua Bíblia: João 9.13-17

“E o que é que você diz dele? – Ele é um profeta!” (Jo 9.17)

Você já parou para pensar que homem é este tal de Jesus? Você já se deu conta da grandiosidade e do poder que emanam do nosso Salvador?

Após curar um cego que estava sentado à beira da estrada, alguns dos fariseus ficaram preocupados e começaram a procurar algum defeito no grande milagre que Jesus havia feito. Eles questionaram o homem. Quase como se fosse um tribunal. Eles queriam saber detalhes. Não para louvar a Deus pela cura, mas para achar algum ponto em que pudessem jogar a multidão contra Jesus.

“Vamos acusá-lo de quebrar a lei do sábado”, pensaram eles. Mal sabiam que aquele Jesus era maior do que qualquer outra coisa. Era maior do que leis. Era maior do que tudo. Mal sabia aquele grupo de fariseus que o “Filho do Homem tem autoridade sobre o sábado” (Mt 12.8).

Que homem era este, que com lama feita da sua própria saliva curou um homem cego? Que homem era este, que curava em pleno sábado? Que homem era este, que ousava desafiar a autoridade dos fariseus? Que homem era este? O cego, recém curado, confessa: “Ele é um profeta!” (Jo 9.17). Os profetas do Antigo Testamento tinham como missão levar ao povo a palavra que recebiam do próprio Deus.

Na verdade, o homem curado estava um pouco enganado. Jesus não era simplesmente um profeta no sentido de que pregava a Palavra de Deus. Jesus era a própria Palavra encarnada. A Palavra que se fez gente, que habitou entre nós para proporcionar salvação para todos os que crerem nele. Sim, este é Jesus. A Palavra encarnada de Deus. O próprio Filho de Deus. O próprio Filho que se importa com cada um de nós. Sim, este é Jesus. O nosso Senhor, o nosso Rei.

Oremos: Senhor Jesus, obrigado por seres a Palavra de Deus encarnada. Obrigado por seres meu Salvador. Faze-nos reconhecer a tua soberania e o teu poder. Em teu nome eu oro. Amém.