Publicado em: 13 de maio de 2020
Quando o coração engana 

Para: quarta-feira, 13 de maio de 2020
Texto: Jeremias 17.9-13  

“Quem pode entender o coração humano? Não há nada que engane tanto como ele; está doente demais para ser curado. Eu, o Senhor, examino os pensamentos e ponho à prova os corações.” (Jr 17.9-10) 

“Siga o seu coração!” Não é incomum ouvirmos essa frase quando estamos diante de grandes decisões. Em filmes, animações ou até na vida real, há quem acredite que o coração, simbolizando os sentimentos e desejos, deve ser o juiz supremo em situações difíceis de resolver. 

Mas, conhecendo profundamente o ser humano e seu pecado, Deus diz: “Quem pode entender o coração humano? Não há nada que engane tanto como ele; está doente demais para ser curado. Eu, o Senhor, examino os pensamentos e ponho à prova os corações” (Jr 17.9-10). 

Se reconhecemos que somos falhos e pecadores, é preciso que sejamos honestos quanto a nossos sentimentos e desejos. Sabemos que nem sempre desejamos o que é bom e que não conseguimos dominar os nossos sentimentos. Nós nos colocamos em situações difíceis, confusas ou sem saída justamente quando seguimos nosso pobre e doente coração. 

Mas Deus, que nos conhece profundamente, também nos ama. Já que nós seríamos incapazes de nos curar, ele providenciou a solução por meio de seu Filho Jesus. O amor de Jesus por nós, concretizado na cruz, dá nova vida ao coração quando é recebido, por meio da fé. Deus renova a nossa maneira de pensar e sentir, para que também possamos tomar decisões orientadas pela sua vontade. 

O nosso coração se engana, mas, buscando seguir a vontade amorosa de Deus, não há como nós nos perdermos. Ele sempre nos leva de volta ao caminho certo, pela ação do seu Espírito Santo. No dia a dia, quando vêm as dúvidas ou estamos em dilemas, podemos recorrer à Palavra de Deus, que dá nova vida ao coração. 

Oremos: Senhor da nossa vida, ajuda-nos a perceber quando nosso coração se engana. Faze-nos buscar em ti a verdadeira sabedoria para as nossas decisões. Reorienta nosso pensar, sentir e agir. Em nome de Jesus. Amém.