Publicado em: 12 de março de 2019
Pai Abraão tem muitos filhos

Para: terça-feira, 12 de março

Leia em sua Bíblia: Romanos 4.6-12

“Assim Abraão é o pai espiritual de todos os que creem em Deus e são aceitos por ele, mesmo que não sejam circuncidados.” (Rm 4.11)

Existe uma antiga canção cristã muito lembrada nas igrejas. Trata-se da canção “Pai Abraão”. A letra da canção traz o seguinte texto: “Pai Abraão tem muitos filhos. Muitos filhos ele tem. Eu sou um deles, você também. Louvemos ao Senhor”. A seguir, uma série de gestos são sugeridos em coreografia com diferentes partes do corpo. O resumo da canção é a imitação dos gestos, mostrando a identidade da família do “pai Abraão”, e, especialmente, o louvor ao Senhor Deus.

Parece que o apóstolo Paulo tinha em seus pensamentos essa ideia quando escreveu aos romanos: “Assim Abraão é o pai espiritual de todos os que creem em Deus e são aceitos por ele, mesmo que não sejam circuncidados. Ele é também o pai dos que são circuncidados. Não apenas porque são circuncidados, mas porque vivem a mesma vida de fé que Abraão, o nosso pai, viveu antes de ter sido circuncidado” (Rm 4.11-12). Ao falar daqueles que creem em Deus, Paulo destaca a importância da fé exercitada no louvor ao Senhor. E, ao destacar aqueles que possuem a mesma fé de Abraão, lembra-nos da importância do exemplo deste patriarca que confiou na promessa de Deus no Antigo Testamento.

Essa dinâmica de louvor a Deus e do testemunho da vida cristã nos leva a perguntar: como anda a nossa caminhada neste mundo? Temos lembrado de agradecer a Deus e louvá-lo pelas inúmeras bênçãos que ele derrama sobre nós? E como anda o nosso testemunho de vida? Temos dado bom exemplo para outros a ponto de sermos imitados?         Se você tem dificuldades em responder essas perguntas, lembre-se daquele que nos purifica de todo pecado, Jesus Cristo. Podemos confiar na sua promessa de perdão sabedores de que, mesmo imperfeitos, ele nos utiliza para mostrar o amor dele ao mundo.

Oremos: Amado Senhor, obrigado por nos deixares exemplos como o de Abraão. Faze-nos lembrar da importância de louvarmos a ti e também de sermos bons exemplos por meio da fé em Jesus. Em nome dele pedimos. Amém.