Publicado em: 16 de setembro de 2021
O olhar de Deus 

Para: quinta-feira, 16 de setembro de 2021
Texto: Salmo 113  

“Não há ninguém como o Senhor, nosso Deus, que tem o seu trono nas alturas, mas se inclina para ver o que há no céu e na terra.” (Sl 113.5-6) 

Para qual direção Deus olha? Ele não olha para cima, pois não existe nada nem ninguém que esteja acima dele. “A sua glória está acima dos céus” (Sl 113.4). O seu nome majestoso se coloca em lugar altíssimo, ele vive na luz na qual ninguém nem mesmo pode chegar perto.  

Deus também não olha para o lado. Não há ninguém que se compare a ele. Como exclama o profeta Jeremias: “Ó Senhor Deus, não há ninguém igual a ti. Tu és grande, e o teu nome é poderoso” (Jr 10.6). Então, para qual direção Deus olha? Só nos resta uma opção: ele olha para baixo. “Não há ninguém como o Senhor, nosso Deus, que tem o seu trono nas alturas, mas se inclina para ver o que há no céu e na terra” (Sl 113.5-6). 

Contudo, o olhar para baixo de Deus é diferente do olhar presunçoso do ser humano. Normalmente, quando outra pessoa nos olha “de cima para baixo”, isso significa que ela se vê como distinta de nós, superior, preferindo manter certa distância e não ser contaminada com a nossa pequenez e imperfeição. Com Deus não é assim. Sendo ele o Senhor de todo o Universo, aquele que do seu trono celeste governa todas as nações, ele também nos olha de cima. O seu olhar, no entanto, é o olhar de amor, de cuidado, de proteção de um pai. Como aquele pai que se ajoelha para conversar com a sua filha, assim é nosso Senhor. Como aquele pai que se agacha para erguer o filho que caiu, assim é nosso Senhor. 

Em Jesus Cristo, Deus se inclinou em nossa direção. Ele se tornou pequeno, se fez como um de nós, para nos abraçar, nos perdoar, nos curar, nos fortalecer, nos erguer para sermos mais do que somos. Ele veio até o mais necessitado e o acolheu em sua dor e trouxe uma nova vida. Ele fez isso por mim e por você também. 

Oremos: Altíssimo Deus, louvo-te pelo teu grandioso amor. Desde o nascer até o pôr do sol exalto o teu nome. Obrigado por vir até mim e me acolher, abraçar, perdoar, curar e exaltar. Amém.