Publicado em: 04 de agosto de 2019
De onde vem o alimento?

Para: domingo, 4 de agosto de 2019

Leia em sua Bíblia: Mateus 14.13-21

“Mas Jesus respondeu: — Eles não precisam ir embora. Deem vocês mesmos comida a eles.” (Mt 14.16)

Jesus está diante de um problema: uma multidão veio para ouvir sua palavra e receber cura para as suas doenças. A noite vem chegando e eles estão em um lugar deserto, sem comida para tanta gente. A sugestão dos discípulos de mandar as pessoas embora faz sentido do ponto de vista humano, mas não na visão do Filho de Deus. “Jesus respondeu: — Eles não precisam ir embora. Deem vocês mesmos comida a eles” (Mt 14.16).

Jesus alimentou aquelas pessoas de forma abundante com o pão da vida, anunciando a elas a Palavra de Deus e matando a sua fome espiritual pela presença divina em suas vidas. Agora Jesus faz o mesmo com o alimento para o corpo. Ele olhou para o céu e deu graças a Deus. Pegou os cinco pães e os dois peixes e os repartiu com os discípulos, para que entregassem àquela multidão de cinco mil homens, sem contar as mulheres e crianças.

Foi um milagre! E continua sendo. A cada dia, Jesus continua vindo ao nosso encontro para alimentar nossa alma e nosso corpo, nossa vida espiritual e corporal. É dele que vem o alimento, pois ele permite que através do nosso trabalho tenhamos o sustento para o nosso corpo e, pela ação da sua Igreja, tenhamos a Palavra, o batismo e a santa ceia para alimentar a nossa alma. É dele que vem o nosso alimento, como ele nos ensinou a pedir na oração do Pai Nosso: “O pão nosso de cada dia nos dá hoje”.

O “pão nosso” vem de Deus, e em quantidade suficiente para podermos compartilhar com as outras pessoas, ajudando-as com alimento para seu corpo e com o Pão da vida, Jesus, para sua alma.

Oremos: Senhor Jesus, continua operando o milagre da multiplicação dos pães em nossa vida, para que tenhamos alimento em nossa mesa e fé em nosso coração, e para compartilharmos esses alimentos com as pessoas. Todos olham para ti com esperança, e tu dás o alimento a todos no tempo certo. Amém.