Publicado em: 25 de janeiro de 2019
A luz de Deus brilhou

Para: sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Texto: Isaías 9.1-4

“O povo que andava na escuridão viu uma forte luz.” (Is 9.2)

O povo de Deus está passando por grandes dificuldades em função do inimigo que se aproxima. O pecado trouxe consequências graves para a nação. O profeta Isaías diz que vive no meio de um povo pecador, que não teme ao Senhor e que caminha na escuridão a passos largos para a destruição. É nesse contexto que surge esta profecia no livro do profeta Isaías, capítulo 9, versículo 2: “O povo que andava na escuridão viu uma forte luz; a luz brilhou sobre os que viviam nas trevas”.

Como na época de Isaías, muitos ainda passam por aflições no tempo presente. É a possibilidade da morte, é a doença, é a colheita que fracassou, a fome e vários outros fatores que trazem angústia, desespero, escuridão. Mas Isaías reanima o povo afirmando que em breve veriam uma grande luz. O jugo que tanto oprimia aquelas pessoas, a canga que pesava sobre os ombros, deixando marcas profundas, em breve seria totalmente destruído.

Jesus veio como a verdadeira luz, que dissipa toda escuridão. Ao nascer de Maria e viver perfeitamente sob a lei, ele cumpriu com o propósito do Pai. Erguido na cruz, bradou em alta voz, afirmando que os nossos pecados estavam completamente pagos. Na cruz, Jesus nos resgatou das trevas para a sua maravilhosa luz. Agora podemos viver de forma nova, com essa luz resplandecendo em nós e através de nós para outras pessoas que ainda vivem na escuridão. Que assim seja em nossas vidas.

Oremos: Querido Pai, em tua infinita sabedoria e graça enviaste teu filho Jesus Cristo para ser a nossa verdadeira luz e salvação. Dissipa em nós a treva do pecado e, pelo poder do Espírito Santo, permite que possamos refletir o amor de Cristo a outras pessoas. Por Jesus. Amém.