Publicado em: 25 de abril de 2019
A glória de Deus está acima da terra e do céu

Para: quinta-feira, 25 de abril de 2019

Leia em sua Bíblia: Salmo 148

“Louve o Senhor, tudo o que existe na terra.” (Sl 148.7)

O Salmo 148 conclama anjos, astros, montanhas, águas, oceanos, florestas, aves a louvarem o Senhor. E também conclama animais, vegetais e minerais a louvarem o Senhor. É até fácil imaginar animais, aves e seres humanos louvando a Deus, pois imaginamos seus sons e cantigas. Mas como as montanhas, águas, sol e estrelas louvarão?

O que é louvor? O dicionário define louvor como celebração, como manifestação honrosa, ou homenagem. Homenagem é reconhecimento. Celebração obedece um rito. É dirigida a alguém. Tudo e todos são conclamados a louvar, a homenagear o Criador e reconhecer a grandeza da sua criação. Chamados a oferecer celebrações que reconhecem que a sua glória está acima da terra e do céu.

Muitos gostam do som de uma cachoeira, do cântico dos diferentes pássaros e dos sons das diferentes espécies de animais. Admiram a beleza do céu estrelado e até sentem medo com o furor dos raios e trovoadas. Foi Deus quem criou tudo e tudo manifesta que há um criador que coordena a criação. O seu louvor se dá pelo curso natural da sua existência. Tudo segue seu rito!

Toda a criação revela que há Deus. A Bíblia revela como este Deus quer salvar as pessoas das suas angústias, de seus pecados e da condenação. Nós, humanos, fomos criados à imagem e semelhança de Deus. Seres pensantes, racionais, capazes de fazer escolhas. E, por isso, capazes de contrariar a Deus. Ao contrariar a Deus, pecamos, e esse pecado precisa de perdão. Esse perdão Jesus nos dá por meio da fé. E essa fé nos leva a viver louvando e glorificando ao Deus de toda a glória.

Oremos: Senhor Deus criador, tudo o que criaste te louva. Que eu reconheça sempre o teu poder, confie no amor revelado em Jesus e seja conduzido pelo teu Santo Espírito a manifestar ao mundo que tu amas a cada ser humano, dando perdão e esperança de salvação. Amém.