Publicado em: 10 de maio de 2020
Unidos com Jesus 

Para: domingo, 10 de maio de 2020
Texto: João 15.1-8 

Eu sou a videira, e vocês são os ramos. Quem está unido comigo e eu com ele, esse dá muito fruto porque sem mim vocês não podem fazer nada. (Jo 15.5) 

Dia das Mães! É um dia muito especial. Talvez você não tenha a sua mãe ao seu lado hoje. Talvez ela já tenha partido para a morada eterna. Algumas pessoas podem ter o privilégio de ter a sua mãe por perto, mas para outros a mãe está longe. Enfim, o Dia das Mães é um dia para comemorar ou relembrar a mãe querida, e para lembrar-lhes que são amadas por Deus. 

Muitos fazem sua árvore genealógica, mostrando sua ascendência, e muitas mães aparecem, naturalmente. Jesus também nos fala de uma árvore. Ele afirmou: “Eu sou a videira verdadeira, e o meu Pai é o lavrador” (Jo 15.1). Jesus também tinha uma mãe e um pai terrenos. Mas ele está se referindo aqui ao seu Pai do céu. O Pai de todos aqueles que creem em Cristo, o Filho de Deus. É por isso que, de certa forma, Jesus também é nosso irmão. E ele, de fato, não se envergonha de nos chamar de irmãos. E embora nós sejamos pecadores, Cristo não cometeu nenhum pecado. Porém, ele carregou os nossos pecados e enfermidades na cruz, pagando a dívida, para nós impagável, que tínhamos com Deus. 

Se Jesus é a videira e o Pai é o lavrador, nós somos os ramos conectados à árvore. Jesus disse: “Eu sou a videira, e vocês são os ramos. Quem está unido comigo e eu com ele, esse dá muito fruto porque sem mim vocês não podem fazer nada” (Jo 15.5). Sem Cristo, nada podemos fazer no Reino de Deus. Mas, permanecendo em Jesus, a videira verdadeira, o Espírito Santo de Deus opera em nós por meio da Palavra de Deus que não volta vazia, mas produz fruto. 

Portanto, nós podemos ter a certeza de que o Pai fará de tudo para permanecermos em Cristo. Ele cuidará de nós, limpando e podando todo o mal, ajudando para que nos tornemos ramos fortes, crescendo espiritualmente até o fim desta vida terrena. 

Oremos: Querido Deus, permite que sempre permaneçamos conectados em Jesus, a videira. Que todas as mães, neste dia, sejam abraçadas e relembradas do teu amor por elas. Que elas sejam sempre ramos da videira verdadeira. Em nome de Jesus. Amém.